OFS CONCLUI O CAPÍTULO GERAL COM NOVO MINISTRO

 

O novo Conselho da Presidência do CIOFS (Conselho Internacional da OFS) ficou assim formado por áreas:

Conselheiro para a área Ásia-Europa 1: Ana Fruk (Croácia)

Conselheiro para a área Espanha/América Latina: Ana Maria Raffo (Peru)

Conselheiro para a área Europa 2 Inglês/Italiano: Attilio Galimberti (Itália)

Conselheiro para a área francesa: Michele Janian (Líbano)

Conselheiro para área portuguesa/espanhola da América do Sul: Silvia Diana (Argentina)

Conselheiro para área Norte-americana e África: Jenny Harrington (África do Sul)

Conselheiro para área inglesa da Ásia/Oceania: Augustine Young (Coréia)

Conselheiro para a Jufra: Andrea Odak (Bósnia)

A eleição foi presidida por Frei Nicholas Polichnowsky, Ministro Geral da Terceira Ordem Regular (TOR).

A Ordem Franciscana Secular (OFS), fundada por São Francisco de Assis, há mais de  800 anos é expressão do carisma franciscano nos diversos modos de vida leiga no mundo. Cada três anos, realiza um Capítulo Geral com representantes dos 5 continentes que animam a vida franciscana em 116 países.

Este ano, o Capítulo Geral realizou-se em Assis e chegou hoje ao fim. Seu objetivo foi examinar o que foi feito pela presidência do Conselho Internacional (CIOFS) em relação às conclusões do Capítulo Geral de 2011, celebrado no Brasil. Outros temas estão em debate como: Comunicação;  Juventude Franciscana (Jufra);  Presença no mundo e Fraternidades Emergentes.

Outro ponto do Capítulo é iniciar a reflexão  para 3 (três) anos de duração do novo mandato, sobre o tema “Como administrar uma Ordem mundial como a nossa”. O Capítulo, ainda, examinou e decidiu  os seguintes assuntos:  Vida de união com Deus em nosso ser secular;  A importância da Família para a OFS e a Jufra; e A vida em fraternidade, dom para o mundo e a Igreja.

No discurso de despedida como Ministra Geral, Encarnación del Pozo não quis deixar passar a oportunidade de citar os desafios da OFS nos próximos anos, especialmente no que diz respeito à vida dos franciscanos seculares. Em particular, manifestou a necessidade de um maior conhecimento da Regra, uma sobriedade e simplicidade de vida e um maior testemunho da própria comunidade. Tudo isto, sem esquecer o amor para com a Igreja, para a qual foram convidados a serem fiéis ao Santo Papa Francisco.

Segundo a Ministra geral Encarnación del Pozo, a presença dos franciscanos seculares compreende um total de 116 países, bem como a presença da Juventude Franciscana, atinge 71 países. No entanto, o número de membros, tanto na OFS e Juventude Franciscana tem diminuído especialmente na Europa Ocidental.

A OFS de Cabo Verde esteve pela primeira presente num Capítulo Geral da OFS pelo seu conselheiro internacional o irmão Boaventura Ramos Vicente da fraternidade da OFS da Brava e pelo presidente nacional da Jufra e seu conselheiro internacional, Adilson de Pina.

Jornal Terra Nova

Santo do dia